Fechar
Mundo de Luxo » Madame Recicla conquista a classe C com brechó de luxo
Home > Objetos do dia dia > Madame Recicla conquista a classe C com brechó de luxo

         

Madame Recicla conquista a classe C com brechó de luxo

Madame Recicla conquista a classe C com brechó de luxo. Assim é o dia a dia de duas amigas que são consideradas ícones da moda entre as pessoas de sua convivência, Angela Machado, de 41 anos, e Fernanda Naman, de 39, decidiram lançar o blog Madame Recicla.O blog foi criado em setembro do ano passado, as sócias decidiram por não fazer nenhum plano de negócios, pois, de acordo com Angela, todas as outras empresas em que ela fez um estudo, não conseguiram ter sucesso.

Madame Recicla  Madame Recicla conquista a classe C com brechó de luxo

artigos de luxo em brechó online

“Tínhamos feito umas trocas de produtos na casa de umas amigas, que começaram a nos fornecer todos os produtos que não usavam mais, como bolsas, roupas e acessórios para vendermos no blog”, explica Angela, uma das sócias.
As sócias entraram com investimento inicial não chegou a R$ 10 mil e isso foi um dos principais motivos para focarem em um blog e não em uma loja física.
“As pessoas sempre nos elogiavam e perguntavam aonde a gente comprava nossas coisas. Um dia a gente brincou que, se pudéssemos, iríamos trabalhar com isso. Não vamos jogar fora, vamos reciclar. O que para uma não interessa mais, para a outra pode ser o sonho de consumo”. Angela e Fernanda recebem as mercadorias e avaliam o quanto valem. Geralmente, 40% do valor original é depreciado. Uma parte fica com as sócias e a outra vai para as proprietárias dos produtos de luxo. Três vezes por ano elas realizam um bazar no Estádio do Morumbi para as pessoas verem tudo ao vivo e a cores.
“Para garantir clientes nós optamos por fazer a excelência no atendimento. A pessoa pode trocar o produto caso ela não goste, damos atenção especial à embalagem e fazemos de tudo para que fiquem satisfeitas”, afirma Angela.
A proposta do blog não é ter coisas novas, mas sim usadas. No entanto, muitas vezes chegam produtos ainda com etiqueta. Para as sócias, o importante é a consumidora encontrar algo que ela queira muito, por um preço mais baixo do que os parâmetros do varejo.Os artigos de luxo mais vendidos são as bolsas Chanel, Louis Vuitton e Gucci, com preços que variam de R$ 2 mil a R$ 6 mil. No entanto, bolsas Birkin, que são vendidas a R$ 25 mil saem no mesmo dia que são expostas. “Aqui no Brasil, essa bolsa custa R$ 40 mil. Nós vendemos pelo valor que custa nos Estados Unidos. Essa bolsa tem fila de espera, e temos uma amiga que é desapegada e sempre nos doa alguma”, brinca Angela. A maioria das compras é feita pela classe C. “Claro que possui a cliente da classe A que compra uma Birkin à vista. Mas a maioria faz compras de R$ 2 mil e paga em 12 vezes no cartão”.

 

Artigos Relacionados:

  1. Passageiros de Primeira Classe se revoltam
  2. Resorts de luxo ao alcance da Classe C

Comentários (3)

  1. Adriana Mara de Carvalho disse:

    Gostaria de entrar em contato com voces por telefone. Como posso comprar uma dessas roupas?

  2. Adriana Mara de Carvalho disse:

    Desculpe, não são as roupas, são as bolsas.

  3. Silvana disse:

    Gostaria de conhecer o Madame Recicla, como eu faço?

Faça um comentário